A saga Dedé: Zagueiro se aproxima de 1500 dias fora do Cruzeiro. Entenda!

No Cruzeiro desde abril de 2013 o zagueiro Dedé, conhecido como “Mito” pela torcida celeste, alcançou a triste marca de 1.484 dias afastado do clube por problemas físicos, em sua imensa maioria, decorrentes de situações envolvendo seu joelho direito. 

Confira cronologicamente os fatores que afastaram Dedé dos gramados desde sua chegada à Belo Horizonte:

14/04/2013: Chegada ao Cruzeiro

06/11/2014: Lesão em partida contra o Santos, pela Copa do Brasil, cirurgia no joelho direito, 451 dias em recuperação

30/01/2016: Dores após partida contra o América-MG, pelo campeonato estadual.

28/02/2016: Constatada fratura na patela, com necessidade de nova cirurgia. 386 dias em recuperação.

20/03/2017: Retorno aos treinamentos

Julho/2017: Constatado um edema ósseo, afastamento de 42 dias. 

Setembro/2017: Nova cirurgia, 271 dias em recuperação.

23/02/2018: Retorno, em partida contra o Boa Esporte, pelo campeonato estadual

19/10/2019: Lesão novamente no joelho direito em partida contra o Corintians, pelo Brasileirão, novo procedimento cirúrgico, 376 dias em recuperação.

Atualmente, ainda fora dos gramados, Dedé recebe os correspondente ao teto salarial do Cruzeiro, porém, estabelece os procedimentos de recuperação por conta própria, por opção pessoal.

Nestes 7 anos e meio (2.752 dias) no clube, o zagueiro ficou fora por 53,9% do total de dias em que seu contrato se estendeu.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*