Felipe Melo e Galiotte “trocam farpas” após vitória do Palmeiras.

Foto: Premiere

Após a vitória do Palmeiras, em entrevista ao Premiere, Felipe Melo disse o seguinte: “Eu vejo que meu nome é bastante forte no mercado. Não sei o que passa na cabeça do presidente e do diretor. O presidente me chamou para conversar e pediu 15 dias. Se passaram dois meses e ele não apareceu. O diretor sim, falou o que todos sabem.”

Galiotte, em entrevista ao Danilo Lavieri, do UOL, sobre a declaração: “Falamos algumas vezes com o Felipe sobre a situação e sempre disse que passaríamos uma posição oficial para ele. Há alguns dias, o Anderson se reuniu com ele e comunicou que, no momento, o nosso entendimento era pelo fim do ciclo. O Anderson (diretor de futebol) avisou a ele, em encontro na sala dele na Academia, que o ciclo estava se encerrando neste momento. Foi uma declaração desnecessária.”

Sobre Pedro 204 Artigos
Jornalista amador, acima de tudo apaixonado por informar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*