Hernán Crespo entrou para história do São Paulo com Título Paulista

Hernán Crespo entrou para a história do São Paulo, mesmo em tão curto tempo. O comandante argentino foi fundamental para a conquista do Campeonato. Com apenas duas mudanças nos titulares em relação ao elenco comandado por Diniz, seu antecessor, reestruturou a equipe e aplicou uma mentalidade de protagonismo nas partidas.

O sagueiro Miranda e Martín Benítez são os dois jogadores considerados titulares que chegaram ao São Paulo nesta temporada. Os demais já estavam lá: Tiago Volpi, Arboleda, Léo, Luan, Liziero, Daniel Alves, Reinaldo, Luciano e Pablo.

Mesmo com poucas mudanças no elenco, mudou radicalmente o formato do time. Do tradicional 4-4-2, a equipe passou a atuar no 3-5-2, um esquema tático que lembra os tempos áureos da década entre 2000 e 2010, com conquistas de Brasileirão e Libertadores.

Não só as mudanças e esquema, mas uma palavra voltou ao vocabulário do tricolor: o protagonismo. Crespo cobra que o time domine os jogos, com posse de bola e volume: o resultado disso é o bom aproveitamento no Estadual. Dono da melhor campanha desde a fase de grupos, o Tricolor paulista fez 16 partidas, com 11 vitórias, quatro empates e uma derrota apenas.

FONTE: UOL

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*